A arte de ilustrar palavras intraduzíveis

___

Sabe aquelas palavras que não tem tradução em outra língua e chega até a ser difícil de explicar?

A ilustradora britânica Marija Tiurina criou uma série denominada “Untranslatable Words” (Palavras Intraduzíveis), onde selecionou quatorze palavras, de diferentes idiomas, que seriam intraduzíveis em outras linguagens e as transformou em belas ilustrações. O resultado ficou incrível, com certeza alguns de vocês vão se identificar com o significado das expressões, sem sequer ter conhecimento delas antes. Vejam só como ficou o trabalho da artista:

Cafuné, do português brasileiro: O ato de ternura dos dedos correndo pelos cabelos de alguém.

1

Luftmensch, do Ídiche: Refere-se a alguém que é sonhador, significa literalmente ”pessoa aérea”.

2

Age-Otori, do Japonês: Ficar pior depois de um corte de cabelo.

3

Kyoikumama, do Japonês: Uma mãe que implacavelmente empurra seus filhos para um bom desempenho acadêmico.

4

Duende, do Espanhol: O misterioso poder que uma obra de arte tem de comover profundamente uma pessoa.

5

Baku-Shan, do Japonês: Uma menina bonita – Contanto que ela esteja sendo vista de costas.

6

Tretar, do Sueco: É o segundo refil, ou a terceira vez que você repete.

7

Gufra, do Árabe: Quantidade de água que você pode segurar com a mão.

8

Tingo, do Pascuense: O ato de pegar por empréstimo objetos da casa de um amigo, levando gradualmente todos eles.

9

Torschlusspanik, do Alemão: O medo de diminuir as oportunidades com a idade.

10

Palegg, do Norueguês: Tudo e qualquer coisa que você pode colocar em uma fatia de pão.

11

Schlimazl, do Ídiche: Uma pessoa cronicamente azarada.

12

Schadenfreude, do Alemão: Sensação de prazer vendo a desgraça alheia.

13

L’appel Duvide, do Francês: Impulso instintivo em saltar de lugares altos.

14

Curtiram o trabalho da ilustradora e quer ver mais assuntos como esse aqui no blog!? É só deixar sua opinião nos comentários, até a próxima!

Mickaelly Raiane

Anúncios

2 comentários sobre “A arte de ilustrar palavras intraduzíveis

    • Ah, é verdade Arthur, também sentimos falta dessa palavra, bem que a ilustradora poderia ter expressado ela. Tomara que se tiver um próximo projeto a “saudade” não fique de fora! ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s